Analista CNPI: o que faz e como se tornar um

Analista CNPI
beegin -invista em startups

Para quem busca diversificar seus investimentos, a orientação de uma analista CNPI pode ser importante na hora de escolher os melhores ativos para a formação da sua carteira. 

O analista de investimento CNPI é aquele que tirou a Certificação Nacional do Profissional de Investimento. Ou seja, ele está apto a recomendar determinados tipos de ativos para que investidores criem suas carteiras para alcançar um objetivo específico. 

Saber como esse profissional pode ajudar é importante na hora de escolher com quem conversar para direcionar os investimentos de curto, médio e longo prazo

O que faz um analista CNPI

O analista CNPI é responsável por realizar estudos e análises sobre valores mobiliários com o objetivo de reunir informações que possam ajudar investidores na tomada de decisão na hora de escolher ativos para composição da sua carteira. 

Ele faz isso por meio de análises técnicas ou fundamentalistas e elabora textos e relatórios que trazem informações importantes para que seus clientes possam escolher onde alocar seu capital. 

De acordo com a Resolução 20/2021 da CVM, o analista de valores mobiliários deve ser credenciado em entidade credenciadora autorizada pela autarquia. Desde 2010, a entidade credenciadora de analistas é a APIMEC (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimentos do Mercado de Capitais) 

Como se tornar um analista CNPI

Para se tornar um analista CNPI, é preciso realizar a prova para tirar a certificação emitida pela Apimec. 

O analista deve escolher qual certificação irá tirar, de acordo com o seu objetivo profissional:

  • CNPI: necessária para trabalhar como analista fundamentalista;
  • CNPI-T: necessária para trabalhar como analista técnico;
  • CNPI-P: necessária para trabalhar como analista pleno, ou seja, realizando análises técnicas e fundamentalistas. 

Além disso, é importante ter curso superior em instituição reconhecida pelo MEC, em qualquer área de atuação. O comprovante do ensino superior completo será solicitado no momento do credenciamento.

O processo pode ser feito em até 24 meses. O candidato tem 12 meses para fazer os exames, após ser aprovado no primeiro deles. Depois, tem 12 meses para solicitar o certificado CNPI. Os exames realizados pela APIMEC são:

  • CB (Conteúdo Brasileiro): exigido para todos os analistas;
  • CG1 (Conteúdo Global): exigido para o analista fundamentalista;
  • CT1 (Conteúdo Técnico): exigido para o analista técnico.

O analista aprovado nos exames CB, CG1 e CT1 pode obter a certificação de analista pleno. 

Áreas de atuação

O analista CNPI pode desempenhar sua função em algumas áreas do mercado financeiro, como: 

  • Relações com investidores;
  • Administração de recursos e riquezas;
  • Vendas e operações no mercado de capitais;
  • Análise, consultoria e pesquisa financeira;
  • Consultoria de valores mobiliários. 

Seja sócio das empresas do futuro com a beegin.

Como investir em startups

Uma resposta para “Analista CNPI: o que faz e como se tornar um”

  1. Bom dia .gostei do conteudo.
    Gostaria de obter mais conhecimento em análises graficas se possível. Como proceder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.