Blue chips: conheça as ações mais negociadas da bolsa

Blue chips
beegin -invista em startups

O mercado de ações oferece inúmeras opções para o investidor criar a sua carteira de investimentos. Uma das mais procuradas é o grupo de ações blue chips, conhecidas por seu alto volume de negociação e alta liquidez. 

Normalmente são ações de grandes empresas, já consolidadas no mercado e que apresentam maior estabilidade em relação às mudanças na economia. Mas isso não é significa que não estão expostas à volatilidade. 

Entender as características das ações blue chips é importante para decidir se faz sentido incluí-las na carteira e se elas atendem aos objetivos de investimento de curto, médio e longo prazo

O que são ações blue chips? 

As ações blue chips são aquelas que apresentam alto valor de negociação durante o pregão, de empresas consolidadas no mercado, alta liquidez e menor volatilidade em relação às oscilações do mercado. 

As empresas listadas no Ibovespa, um dos principais índices da bolsa, fazem parte do grupo de blue chips. Justamente por ter um alto volume de negociação é que elas fazem parte desse índice.

Elas apresentam alta liquidez, já que para o investidor é fácil comprar ou vender ações dessas empresas em um curto espaço de tempo. Diferente das small caps ou micro caps, que são de empresas menores, com menor volume de negociação no pregão. 

Algumas das empresas que fazem parte das blue chips são Petrobras, Vale, CSN, Itaú, Bradesco, entre outros. Todas elas são empresas tradicionais no mercado brasileiro e acabam atraindo a atenção de investidores que buscam segurança e credibilidade. 

Vantagens de investir nas blue chips

Uma das principais vantagens de se investir em ações blue chips é a alta liquidez que elas oferecem. Como se tratam de papéis com alto valor de negociação na bolsa, o investidor consegue adquirir ações e vendê-las de forma bastante ágil. 

Além disso, são empresas consolidadas no mercado. Isso oferece uma maior sensação de segurança ao investidor, uma vez que estará menos exposto à volatilidade ao longo do período de investimento. Essas empresas sentem as alterações de mercado, mas em intensidade menor que small e micro caps. 

Empresas maiores, já estabelecidas no mercado, também costumam pagar bons dividendos aos seus investidores. Como essas empresas investem menos para precisar crescer, conseguem distribuir os lucros de forma mais agressiva para os investidores. 

Desvantagens de investir nas blues chips

Uma das desvantagens de investir em grandes empresas é que elas tendem a apresentar uma curva de crescimento menos acelerada ao longo do tempo. Em algum momento, elas já foram small ou mid caps, e cresceram de maneira mais rápida. Isso faz com que o potencial de ganho rápido seja menor com esse tipo de ação. 

As small e mid caps ainda têm bastante espaço para crescer. Então focam muito do seu investimento em crescer a empresa, por isso não distribuem dividendos aos seus investidores. 

Como investir em blue chips

Existem algumas formas distintas para se investir nas blue chips. As principais delas são:

  • Investimento em ações: por meio do home broker do banco ou corretora é possível comprar ações blue chips. 
  • Fundos de ações: uma forma mais prática de comprar grupos de ações é investir em fundos de ações, que são selecionadas pelo gestor do fundo. 
  • ETFs: por meio de cotas de ETFs é possível investir em fundos que replicam a carteira de um índice de ações. 

Uma opção interessante é investir em empresas de alto crescimento, que apresentam uma melhor relação risco-retorno. Nestas empresas o investidor consegue ganhar com a melhor fase de crescimento de um negócio. Para acessar essas oportunidades, basta conferir as grandes empresas do futuro que estão captando recursos na beegin.

Como investir em startups

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.