Braskem Idesa firma acordo para venda de 50% da TQPM

A Braskem informou que sua controlada indireta Braskem Idesa (BI) firmou acordos com a Advario B.V para alienação de participação de 50% do capital social da Terminal Química Puerto México (TQPM), subsidiária da BI responsável pelo desenvolvimento e operação do projeto do terminal de importação de etano no México. Os valores não foram informados.

Segundo a petroquímica, a operação está sujeita às aprovações aplicáveis e, uma vez aprovada, BI e Advario terão, cada uma, 50% do capital social da TQPM.

A construção do empreendimento se apresenta essencial na garantia de competitividade ao complexo petroquímico da Braskem Idesa. Garante o fornecimento de matéria-prima, o projeto deve começar em julho e a expectativa é de que seja concluido no final de 2024. O terminal será ligado ao complexo da Braskem por um duto de 11 quilômetros.

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa detalha que a Advario, empresa líder global no setor de armazenamento com sede na Holanda, é especializada em projetar, construir e operar armazenamento e infraestrutura logística para produtos a granel líquido, incluindo petroquímicos e gases criogênicos, operando atualmente em todo o mundo.

O terminal de importação de etano da TQPM terá capacidade de 80 mil barris diários de etano, fornecendo condições para que a BI importe toda sua necessidade de matéria-prima.

Seja sócio das empresas do futuro com a beegin.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.