Bull e bear market: entenda suas diferenças no mercado

bull e bear market
beegin -invista em startups

Existem inúmeras expressões que fazem parte do mercado financeiro, especialmente quando envolvem os investimentos em renda variável. Dois dos mais populares são bull market e bear market, que tratam de momentos distintos da bolsa de valores. 

Estar por dentro desses dois termos pode ser essencial na hora de definir qual será sua estratégia de investimento na bolsa, já que eles indicam uma tendência de comportamento muito clara dos índices em geral. 

No caso do bull market, a sinalização é de que o mercado está otimista e o preço das ações está em alta. Já no caso do bear market, a tendência do mercado é negativa e indica que as ações estão com os preços em queda. 

Como identificar esses momentos e o que fazer para proteger o seu capital? É sobre isso que vamos falar neste texto. 

O que é bull market?

O bull market ou mercado do touro é uma expressão usada no mercado financeiro para indicar que há uma tendência de alta no preço das ações, puxadas por uma série de fatores macroeconômicos que influenciaram positivamente os ânimos das empresas e investidores. 

Durante esse período, há um otimismo no mercado puxado por indicadores econômicos que afetam todo o índice ou um grupo de ações da bolsa. Em média, quando o crescimento no preço das ações é superior a 20%, pode-se dizer que é um momento de bull market. 

E esse comportamento do mercado recebe esse nome, teoricamente, inspirado no movimento de ataque do touro em suas vítimas. Por ser um ataque feito de baixo para cima, arremessando a presa para o alto, a associação foi feita com o momento de alta da bolsa. 

Nesse cenário, há muito otimismo de investidores, ou seja, muita gente querendo comprar ações para expandir seu portfólio. Porém, não há ações suficientes a serem negociadas, fazendo com que os preços subam. 

Quanto tempo dura o bull market? 

Não há como definir exatamente o tempo que dura um bull market. Esse comportamento do mercado pode durar dias, meses e até anos. Para identificar esses momentos é preciso analisar gráficos de tendência do mercado financeiro durante um período determinado. 

Um exemplo bastante popular do mercado financeiro é do índice S&P 500, da Bolsa de Valores de Nova Iorque. De 2009 a 2019, o indicador teve valorização de 276%, deixando claro se tratar de um momento de bull market duradouro. 

O que é bear market?

Ao contrário do bull market, o bear market ou mercado do urso indica o momento de pessimismo do mercado financeiro, quando o preço das ações está em forte queda. Ou seja, quando um ativo ou indicador tem queda superior a 20% no período analisado. 

Isso pode acontecer por uma série de fatores macroeconômicos, como retração da economia, aumento na taxa de desemprego, redução dos investimentos feitos em renda variável, entre outros. 

O nome de bear market ou mercado do urso tem sua origem no comportamento do urso na hora de atacar suas vítimas. Como o movimento é feito de cima para baixo, com o objetivo de esmagar sua presa, a comparação foi feita no sentido de indicar que o mercado está em forte queda. 

Já nesse cenário, como há uma tendência pessimista do mercado, tem muita ação disponível para ser negociada e poucos compradores interessados. O excesso de oferta faz com que o preço do ativo caia drasticamente. 

Quanto tempo dura o bear market? 

Assim como não é possível definir o tempo de duração do bull market, não é possível indicar quanto tempo o bear market irá durar. Basicamente, trata-se de um momento que pode durar dias, semanas, meses ou anos e demonstrar o pessimismo do mercado financeiro. 

Desde 2020, com o início da pandemia do coronavírus, pode-se dizer que as bolsas ao redor do mundo passaram por um momento de bear market, já que a economia mundial estava cercada de incertezas e falta de perspectivas positivas para o curto prazo. 

Em janeiro de 2020, a B3, bolsa de valores brasileira, estava operando em 118 mil pontos. Dois meses depois, esse índice já tinha caído para 66 mil pontos. Uma queda considerável e significativa para o mercado nacional. 

Agora que entendeu mais sobre bull e bear market, fique por dentro de conteúdos relevantes sobre o mercado de investimento. E se quiser se proteger da volatilidade do mercado, conheça as oportunidades disponíveis na beegin.

Como investir em startups

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.