O que é cap table e como ela funciona

Cap table

O mundo de investimento em empresas não listadas conta com a modalidade private equity para alavancar seu crescimento. Mas como saber a porcentagem de participação de cada investidor? É aí que entra o cap table. 

Esse é um importante controle para uma startup, por exemplo, que passará por inúmeras rodadas de investimento e atualizará constantemente o seu quadro de acionistas e porcentagem de participação de cada um deles. 

Por isso, siga a leitura para entender tudo sobre esse importante tema. 

Cap table: o que é 

Cap table é a abreviação de capitalization table. Em tradução livre, significa tabela de capitalização, ou seja, é o documento que indica a distribuição societária da empresa. 

Esse documento é importante e deve ser feito antes e depois de qualquer alteração de sócios, para garantir que tudo esteja registrado e seja fácil de consultar. Em caso de novas rodadas de investimento, as informações serão atualizadas, com novos percentuais para cada acionista. 

Um dos seus principais objetivos é garantir transparência e informação disponível para atuais acionistas e possíveis investidores do negócio. Evitando, assim, discussões que poderiam ser originadas por essa falta de clareza. 

Como gerenciar o cap table

Na gestão do cap table, os empreendedores e investidores precisam se organizar para proteger os interesses de ambos os lados no processo de crescimento da empresa. 

Negócios de crescimento acelerado, como startups e scale-ups, costumam pegar tração por meio de rodadas de investimento crescentes, e isso exige uma gestão cuidadosa do seu cap table a cada rodada.

Alguns pontos são importantes de se levar em consideração na hora de criar a cap table. Entre eles, vale destacar:

  • Opção de partnership: trata-se de uma prática comum para a retenção de bons talentos para a empresa, já que pode garantir participação mais engajada dos funcionários. Nada mais é do que a opção de compra de ações em um evento futuro, desde que transcorrido um período pré-determinado, chamado período de vesting
  • Manutenção do controle dos fundadores : nas rodadas iniciais de investimento, é importante que os fundadores ainda tenham mais de 50% das ações;
  • Diluir ou não os investidores iniciais: como a cada rodada de investimento a empresa emite novas cotas ou ações, há o risco de se diluir de forma exagerada os investidores que assumiram mais risco, fazendo com que eles percam valor potencial por diminuírem sua participação proporcional no equity. Esta é uma questão a ser avaliada a cada caso, e negociada com os investidores.. 

Um cap table bem organizado é mandatório para uma empresa que quer ir atrás de investidores anjo, venture capital e até mesmo fundos de private equity.  

Gostou do conteúdo e quer aprender cada vez mais sobre investimentos alternativos e o mercado financeiro em geral? Fique de olho nos conteúdos gratuitos e cursos oferecidos pela Solum.ed

Padaria Pet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.