Capital semente: tudo sobre essa rodada

Capital semente ou seed money

Empresas que estão em estágio inicial de desenvolvimento ou ainda são uma ideia no papel, como muitas startups, precisam de investimento financeiro para começar a criar vida. É nessas primeiras rodadas de investimento que entra em cena o capital semente ou seed money.

O capital semente é o aporte financeiro feito normalmente por fundos de investimento em empresas que estão em fase inicial, como as startups, ainda concluindo o plano de negócios, desenvolvendo o produto ou serviço, ou até mesmo em estágio de validação.

Essas empresas precisam do capital para ganhar tração e começar a gerar resultados. Por ser um ativo alternativo de renda variável de alto risco, os fundos de investimento tendem a aplicar o capital em empresas variadas para conseguir diluir esse risco e aumentar as chances de bons retornos. 

Essa verba pode ser usada pela empresa para ações como:

  • Criação do produto ou serviço;
  • Pesquisas de mercado;
  • Contratação de profissionais;
  • Investimento em infraestrutura;
  • Custos fixos, como aluguel e manutenção etc. 

Além do investimento financeiro, esse grupo de investidores troca informações com os empreendedores com o objetivo de compartilhar o conhecimento e garantir um melhor direcionamento da empresa. 

A importância para o investidor de diluir os riscos desse tipo de investimento é que a empresa pode não dar certo. O produto pode não ser validado, ela pode quebrar em um curto período ou não gerar a valorização esperada. 

Diferença entre capital semente e investimento anjo

Apesar de serem tipos de capital de risco, o capital semente e o investimento anjo apresentam algumas diferenças conceituais que são importantes de conhecer. 

Ao contrário do investimento anjo, que é feito por pessoas físicas com um teto de até R$ 600 mil em média, o capital semente é feito por fundos de investimento que aportam entre R$ 500 mil e R$ 5 milhões nas empresas. O capital semente é um estágio à frente do investimento anjo. 

Seja sócio das empresas do futuro com a beegin.

Como investir em startups

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.