Quando você deve COMEÇAR nos investimentos alternativos?

Quando você deve COMEÇAR nos investimentos alternativos

Provavelmente você já se perguntou se investir em startups é para você e deve ter pensado: “Não, isso é só para quem tem muito dinheiro” ou então “Vou precisar estudar muito, deve ser muito complexo”. E se eu te contar que, na verdade, o investimento em startups é para mais pessoas do que você imagina? Fica comigo até o final que eu vou te mostrar como saber se você deve começar nos investimentos alternativos e como é simples e fácil investir nessa modalidade!

Olá, investidor! 

Eu sei que você tem várias ideias formadas sobre investir em startups e que é algo novo e ainda pouco falado, mas fica comigo que nesse vídeo eu vou te falar como identificar se já está na hora de começar a investir em startups.  Para começar, faça as seguintes perguntas: 

  1. Já tenho uma reserva de emergência formada? Que é aquele valor de 6x o seu custo de vida mensal em um local com liquidez diária para eventuais imprevistos.
  2. Já sei quais são os meus objetivos de longo prazo?
  3. Já invisto ou já conheço os riscos e benefícios dos ativos de renda variável?
  4. Não vou precisar do capital no curto/médio prazo? 
  5. Possuo pelo menos R$ 2.000 disponíveis para investir?

Se você respondeu “sim” para todas as perguntas acima, provavelmente já está na hora de você começar a diversificar sua carteira investindo em startups. 

E, como já falamos por aqui, a forma mais simples e fácil de começar a investir em startups é por meio da modalidade de equity crowdfunding. Os principais benefícios de investir em startup por meio do equity crowdfunding são: 

  1. Possibilidade de acessar investimentos com potencial de atingir altas rentabilidades;
  2. A curadoria que a plataforma de equity crowdfunding realiza, minimizando seu risco se estivesse fazendo essa escolha por conta própria;
  3. Possibilidade de diversificação de portfólio, aumentando a chance de reduzir seus riscos; e
  4. Investimento mínimo acessível, a partir de R$ 2.000 pela plataforma da beegin.

Antes de falar no que você precisa ficar atento para começar a investir em startup, já se inscreve aqui no canal e curte esse vídeo para saber tudo sobre esse ecossistema.  

Então, vamos lá, o que você precisa saber antes de começar é: 

  1. É um investimento de baixa liquidez, ou seja, você não deve contar com esse dinheiro  no curto/médio prazo; 
  2. Como qualquer investimento de renda variável, a rentabilidade potencial é maior, consequentemente, os riscos envolvidos também aumentam; 
  3. Por isso, é indicado não ultrapassar de 15% do patrimônio investido nessa classe de ativos. Mas claro, você deve avaliar seu perfil de investidor. Caso você seja um investidor conservador, esse percentual deverá ser mais baixo, ok?

Bem simples e objetivo, não é mesmo? Me conta aqui nos comentários se você já investe em startups e qual é o percentual  que aloca nesse tipo de investimento! 

Você ainda tem dúvidas se o Equity Crowdfunding é confiável? Eu vou deixar esse vídeo para você assistir e entender ainda melhor como essa modalidade funciona!

Até a próxima, investidor!

Padaria Pet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.