Cursos de investimento: veja onde aprender

Cursos de investimento
beegin -invista em startups

As crises financeiras fazem parte da histórica econômica do Brasil e o brasileiro já se acostumou a conviver com essa realidade. Porém, nos últimos anos, o interesse por assuntos como educação financeira cresceram no país. Com toda essa procura, aumentou a demanda por cursos de investimento. 

Com tantas opções disponíveis, como escolher por onde começar e qual caminho fazer para aprender a cuidar bem do dinheiro, criar reserva de emergência, entender o perfil de investidor, selecionar os melhores ativos de acordo com os objetivos e criar uma carteira diversificada?

Neste texto, vamos apresentar alguns dos principais cursos de investimento disponíveis no país. Eles vão desde o básico, como explicar os conceitos de renda fixa e renda variável, até os ativos menos conhecidos como investimentos alternativos. 

Com essa informação em mãos, vai ficar mais fácil para você escolher o caminho ideal a seguir e começar a cuidar de forma consciente do seu capital. Então siga a leitura para se informar sobre tudo. 

Educação Financeira para Jovens, da CVM

Esse é um curso gratuito da CVM, Comissão de Valores Mobiliários, para quem está começando seus estudos sobre educação financeira e o mercado de investimentos. É destinado a quem precisa organizar suas finanças, com conteúdos introdutórios. 

Entre os temas abordados, estão consumo consciente, orientação do planejamento financeiro, a importância de investir, entre outros. São temas essenciais para construir uma base sólida de conhecimento, antes de entrar de cabeça no mercado financeiro. 

Matemática Financeira Básica, da CVM

Uma das coisas que costuma afastar as pessoas do mundo dos investimentos é a falta de habilidade com números. Pensando nisso, a CVM criou o curso gratuito de Matemática Financeira Básica

Nele, o estudante irá aprender de forma didática os conceitos básicos da matemática financeira e se preparar para calcular os retornos de investimentos e taxas de juros de empréstimos. 

O objetivo do curso é desmistificar a imagem de que investimento é um assunto complicado e inacessível a uma parcela da população, trazendo conceitos importantes para facilitar os cálculos sobre seus investimentos e poupança.  

Poupança e investimento, da CVM

Depois dos cursos iniciais, a CVM também oferece o treinamento gratuito para poupança e investimento. O objetivo do curso é ensinar como organizar as contas e planejar a vida financeira. 

Além de falar sobre dívidas e consumo e a diferença entre economizar e poupar, também se fala sobre a adequação dos investimentos aos objetivos, prazos e tipo de perfil. 

Renda Fixa, da B3 Educação

A B3, bolsa de valores do país, também tem uma série de cursos gratuitos para ensinar pessoas que querem começar a cuidar melhor do seu dinheiro e fazer investimentos inteligentes. 

Entre eles, está o curso de renda fixa, que ensina tudo sobre os principais ativos para quem prefere a segurança da renda fixa, como Tesouro Direto, CDBs, ETF e FIDC. 

Para quem está começando no mundo dos investimentos, a renda fixa é o principal caminho escolhido, já que oferece segurança e certa previsibilidade sobre os ganhos, além de ativos com alta liquidez. 

Pensando em criar a sua reserva de emergência, essa é a porta de entrada recomendada. 

Renda Variável, da B3 Educação

A B3 também oferece o curso de renda variável, para quem já está mais disposto a correr mais riscos e buscar ganhos mais arrojados nos investimentos. 

Neste curso, um dos principais assuntos será como investir na bolsa de valores, comprar e vender ações, além de fundos de investimento imobiliário, entre outros. 

Esse é um tipo de investimento voltado para quem já tem sua reserva de emergência e quer começar a explorar novos ativos. Pensando em criar uma carteira diversificada, oferece opções interessantes para investimentos de longo prazo. 

Derivativos, da B3 Educação

Também é possível encontrar na B3 um curso gratuito sobre derivativos. Nele, o estudante irá entender o que é derivativo e como se faz para começar a investir. 

Além disso, irá entender sobre mercado futuro e as características dos minicontratos, mercado a termo, estratégias e COE. 

Gestão de Finanças Básicas, do Banco Central do Brasil (Bacen)

O Banco Central do Brasil (Bacen), pensando em incentivar o brasileiro a cuidar melhor do seu dinheiro, criou o curso de Gestão de Finanças Pessoais. Nele, o estudante irá aprender conceitos básicos de economia sobre temas do cotidiano das pessoas. 

O curso é apresentado em vídeos animados e aborda assuntos como orçamento pessoal e familiar, crédito e endividamento, prevenção e proteção, poupança e investimento, consumo de serviços financeiros, entre outros.  

Todas essas informações foram trazidas para mostrar quanta informação disponível sobre educação financeira há disponível. O importante é entender em que momento você está e começar a buscar os conteúdos necessários para ajudar com os seus objetivos. 

Identifique o seu perfil de investidor, veja o que é preciso para criar a sua reserva de emergência, caso ainda não tenha, e comece a entender melhor sobre os diferentes tipos de ativos. 

Com essas informações em mãos, fica mais fácil escolher entre renda fixa, renda variável, investimentos alternativos e como diversificar os seus investimentos de maneira otimizada, potencializando seus ganhos. 

Seja sócio das empresas do futuro com a beegin.

Como investir em startups

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.