Descubra como diversificar sua carteira de investimentos

descubra como diversificar sua carteira

Começou no mundo dos investimentos e quer saber como proteger o seu capital e potencializar as suas chances de rentabilidade? Então você precisa saber o que é uma carteira diversificada, como montar a sua e aprender a diversificar da maneira CORRETA. Neste vídeo, eu vou te contar em detalhes tudo o que você precisa saber para começar hoje mesmo a estruturar seus investimentos de forma equilibrada e bem distribuída. 

Olá, investidor!

Com certeza você já ouviu a frase: “não colocar todos os ovos em uma única cesta”. Pois é, ela é verdadeira, mas diversificar apenas por diversificar seus investimentos, sem adequar a sua realidade, acaba não fazendo tanto sentido. 

Afinal, o que é uma carteira de investimentos diversificada?

Uma carteira diversificada é composta por investimentos em diferentes classes de ativos. Portanto, exposta a diferentes riscos e com rentabilidades diversas.  

Ou seja, pode existir uma distribuição dos aportes financeiros em opções de renda fixa, como CDBs, Tesouro Selic, LCI e LCAs.  E também em ativos de renda variável, como ações da bolsa ou ativos alternativos, como private equity e venture capital. O ponto importante é que os investimentos estejam atrelados a diferentes indexadores, seja a inflação (IPCA), Selic ou câmbio. E por que isso? Para que o seu capital não seja todo afetado caso um deles apresente uma queda repentina, evitando assim uma perda considerável do seu dinheiro.  Por exemplo: geralmente quando o dólar está em alta, há uma tendência de queda na bolsa brasileira. Se você tem investimentos no exterior, essa parte da sua carteira estará positiva enquanto a parte dos ativos em ações listadas cairá, trazendo assim um equilíbrio ao seu portfólio. 

Além disso, é interessante pensar em ter exposições a riscos variados. Você pode diversificar em diferentes mercados (NASDAQ e IBOVESPA, por exemplo), diferentes moedas (dólar e real, por exemplo) e setores (financeiro, energia, saúde, tecnologia e etc…). Assim como diferentes tipos de liquidez, com prazos de curta, média ou longa duração. 

Tudo isso com o objetivo de proteger o seu capital, mitigando a concentração a poucos riscos e, consequentemente, potencializando as rentabilidades. 

Agora que você já entendeu o que é uma carteira diversificada e quais são os benefícios, eu vou te explicar como montar uma: 

  1. Reserva de emergência 

Antes de começar a diversificar é fundamental que você já tenha uma reserva de emergência formada! Pra isso, escolha um ativo de renda fixa com liquidez diária para alocar cerca de seis meses do seu custo de vida fixo. E uma dúvida que muitas pessoas tem, é: faz sentido eu diversificar com pouco dinheiro?
E a resposta é: NÃO! Se você ainda investe pouco, por exemplo: 300 reais por mês, não faz sentido se preocupar com diversificação agora, mesmo porque você acabará pulverizando demais um patrimônio que ainda é pequeno. Foque em construir a sua reserva e depois disso iniciar a diversificação.

  1.  Conheça seu perfil de investidor 

Entenda qual é seu nível de exposição ao risco, se você é conservador, moderado ou arrojado. Clicando aqui você consegue descobrir. Isso vai te direcionar em relação a parcela adequada de equilíbrio entre as diferentes classes de ativos.

Cuidado para não investir em ativos diferentes apenas porque são diferentes!!! Se você faz isso sem montar uma estratégia de acordo com seu perfil e realidade, você acaba pulverizando demais sua carteira. 

  1. Defina seus objetivos 

Separe seus objetivos de curto, médio e longo prazo. Dessa forma você irá definir o melhor investimento em relação à liquidez.

  1. Busque ativos com baixa correlação  

Ativos com baixa correlação costumam se mover em direções distintas. Além do exemplo que falei anteriormente entre dólar e ibovespa, temos o exemplo também dos ativos alternativos. Eles tem pouca ou nenhuma correlação com a bolsa de valores, sendo assim, em momentos de queda, eles podem não sofrer tanto e ajudar a manter o equilíbrio em sua carteira. Por isso são uma ótima opção de diversificação. Vou deixar um link aqui para você acessar as oportunidades na beegin e saber como diversificar nessa classe de ativos.

Ainda ficou alguma dúvida? Comente aqui que a gente te ajuda! 

Até a próxima, investidor!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.