Equity e debt: veja as principais diferenças

Moedas e seta positiva
beegin -invista em startups

Você sabe o que é debt e equity? O mercado financeiro está em constante evolução e, com isso, surgem novos mercados e ativos, que antes eram notados apenas em situações específicas.

Mas a sua base permanece a mesma: o investidor aplica em participação, ou em títulos de dívida. Quando falamos de investimento em participação das empresas, dizemos que é em equity. Já quando é realizado em títulos de dívida, temos um investimento em debt.

Modernização do mercado de capitais brasileiro

Desde 2017, a Comissão de Valores Imobiliários (CVM) permitiu que qualquer investidor realizasse aportes em empresas de capital fechado, em negócios da economia real, a partir de plataformas de investimento coletivo.

Diante disso, o mercado de capitais evolui de forma constante e intensa, oferecendo diversas formas para aplicar recursos. O equity e o debt são algumas dessas possibilidades que surgiram com a modernização do mercado financeiro.

Ao injetar capital em um negócio, o investidor pode ter dois tipos de operações:

  • debt: dívida;
  • equity: participação societária.

Em outras palavras, o investidor pode se tornar sócio ou credor da empresa ao aplicar os recursos. Entre debt e equity há diferenças em alguns fatores essenciais!

Credor

Ao realizar um investimento debt, os investidores se tornam credores da empresa, pois o aporte funciona como um empréstimo à organização. Desse modo, a remuneração do aporte acontece por meio dos juros.

Nesse sentido, as operações debt funcionam a partir de investimentos coletivos e aplicação do capital em uma empresa, geralmente em fase de crescimento. Todo o processo acontece em operações crowdfunding, que reúnem investidores interessados em negócios promissores, como startups.

Sócio

As operações equity são participações societárias, ou seja, os investidores se tornam sócios da empresa que está aplicando capital. Dessa forma, eles têm direito a participação nos resultados do negócio ao longo do tempo e prazos acordados no início do investimento.

Risco de performance

Tanto o debt quanto o equity apresentam riscos específicos, que devem ser avaliados individualmente, ou seja, de acordo com cada situação. Os investidores precisam analisar junto à plataforma quais são os riscos envolvidos ao optar pelo aporte como credor, ou participação societária.

Pagamentos equivalentes a juros e dividendos

As operações de investimentos na modalidade debt funcionam como empréstimo a uma empresa. Com isso, o rendimento dos aportes acontecem pelo pagamento de juros e, por ser uma operação de crédito, esses detalhes são definidos no início do contrato.

Por outro lado, o equity é uma participação societária, ou seja, o retorno se dá pelos resultados gerados pela empresa. O investidor pode ser remunerado pelo pagamento de dividendos ou em exit. Ou seja, quando a empresa é adquirida, realiza um IPO ou mesmo se outro investidor adquire sua participação.

Como funciona a operação de debt

Em uma operação de debt  a empresa emite títulos para financiar o desenvolvimento e expansão das atividades, em troca do pagamento de juros. É um processo semelhante ao empréstimo.

Nesse contexto, todas as garantias e detalhes dos negócios são estudados criteriosamente pelos investidores e plataformas. O objetivo é identificar projetos promissores, que possam levar a boa rentabilidade com o pagamento de juros.

Dessa forma, antes de realizar o aporte debt acontece um rigoroso processo de análise para conhecer a fundo a situação e perspectiva do negócio. É um método importante de modo a proporcionar maior segurança aos investidores, ainda mais por ser uma operação de crédito.

Como funciona a operação de equity

Nas operações de equity, os investidores se tornam sócios de um negócio. Isto se dá pela emissão de ações ou de títulos conversíveis em participação societária. 

Esse processo acontece com o apoio de uma plataforma de investimentos alternativos, que facilita o acesso do investidor às empresas.

Os aportes de capital na modalidade equity são destinados às empresas que pretendem expandir os negócios e acelerar o crescimento. Por isso, é comum notar esse tipo de investimento em startups em estágio inicial da maturidade e com potencial para evoluir, mas também pode ser direcionado a scale-ups e outras empresas emergentes.

Agora que você já sabe as diferenças entre o debt e equity, continue se atualizando sobre as novidades do mercado financeiro. Siga a beegin nas redes sociais: Instagram, Facebook e LinkedIn!

Como investir em startups

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.