Equity value: o que é e como deve ser calculado

Equity value
beegin -invista em startups

Há várias formas de se saber o valor de uma empresa. Uma das utilizadas por quem investe em bolsa de valores é o equity value. O objetivo deste artigo é te ajudar a entender como o cálculo é feito e qual sua diferença do valor de mercado da companhia. 

Esse cálculo é importante para proprietários da empresa e também acionistas. É uma forma de analisar contabilmente os seus ativos e passivos e entender como está a saúde financeira da companhia. 

É importante entender as particularidades e diferenças em relação ao valor de mercado para não confundir as análises. Para investidores de longo prazo, ter o conhecimento desse conceito é de grande utilidade. 

O que é equity value? 

O equity value é o valor pertencente aos proprietários e acionistas dessa determinada empresa. Ou seja, é a soma do valor real de cada ação.

É importante entender esse conceito e saber como funciona porque muitas vezes a empresa pode ter um elevado valor de ativos, mas, por outro lado, ter um passivo muito grande e um alto custo operacional. Isso poderia tornar a empresa menos atrativa. 

Já uma companhia, como as startups por exemplo, que conseguem uma operação mais enxuta e com facilidade de escalabilidade com menor investimento, pode conseguir um alto valor de ativos com menores custos operacionais e passivos em geral. 

Como calcular o equity value? 

Calcular o equity value de uma empresa pode ser considerado relativamente simples. É preciso somar todos os ativos e subtrair todos os seus passivos. Ou seja, deduzir do total de ativos as dívidas e despesas em geral que fazem parte da operação. 

Ao fazer esse cálculo e entender o valor patrimonial da empresa, é possível identificar o valor de equity que cada acionista detém com a sua participação societária dentro da companhia. 

Esse valor também irá variar diariamente, de acordo com a oscilação natural que faz parte das negociações dentro da bolsa de valores. 

Qual a diferença entre equity value e valor de mercado?

Os dois cálculos são muito usados pelos investidores que atuam ativamente na bolsa de valores. E muitas vezes são confundidos por quem está começando nesse mercado. 

O valor de mercado considera a soma de todas as ações disponíveis no mercado. E esse valor total flutua diariamente, pode oscilar para cima ou para baixo, dependendo do ânimo da bolsa. 

Isso difere do valor patrimonial por ter a dedução de todos os passivos da empresa. É importante ter essa informação clara para não gerar confusão. 

Qual a diferença entre equity value e enterprise value? 

Existem algumas diferenças importantes entre o equity value e o enterprise value. No enterprise value, soma-se o valor de mercado das ações com a dívida líquida da organização. 

E também é descontado o fluxo de caixa. Na tradução para o português, o enterprise value é o valor da empresa. 

No caso do equity value, como dito acima, cálculo envolve somar todos os ativos da empresa e subtrair os seus passivos. 

Estar por dentro desses termos que fazem parte do mercado financeiro ajudam o investidor a estar por dentro de conceitos importantes para avaliar empresas e entender se o preço de uma ação está em um patamar razoável e justo ou se está supervalorizada. 

Esse tipo de entendimento também ajuda caso o investidor decida olhar para outros ativos, como venture capital e private equity, que aportam capital em empresas que ainda irão chegar à bolsa de valores. Conhecimento no mercado financeiro é sempre um ativo valioso. 

Além das empresas com ações negociadas em bolsa, é possível investir em companhias que ainda têm capital fechado. Conheça oportunidades de empresas captando recursos para expandir suas operações e diversifique seus investimentos.

Seja sócio das empresas do futuro com a beegin.

Como investir em startups

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.