Fintechs: o que são e como ganharam tanto espaço

Fintechs

O advento da tecnologia fez com que os serviços tradicionais mudassem rapidamente. Isso tem acontecido com o mercado bancário a partir da chegada das fintechs, que possibilitam novas formas de investimento, como o venture capital

As fintechs também estão liderando os investimentos em startups no Brasil. Por isso, neste artigo, vamos avaliar quais são as oportunidades que os investidores estão encontrando neste modelo de negócio.

O que é uma fintech

A fintech é uma empresa que usa a tecnologia para oferecer um serviço ou resolver alguma dor do usuário relacionada ao mercado financeiro. 

O termo fintech vem da junção das palavras em inglês financial (financeiro) e technology (tecnologia). Ou seja, é uma empresa de tecnologia financeira, em tradução livre.  

Os serviços oferecidos podem ser uma conta corrente, conta de investimento, cartão de crédito, cartão de débito, empréstimos, plataforma de investimento alternativo, entre outros. 

O mercado financeiro, historicamente, é conhecido por ser hiper regulado, burocrático e complexo. As fintechs, por sua vez, conseguem operar em uma estrutura enxuta e simplificada, utilizando tecnologia para manter o padrão de atendimento. Por isso, seus serviços tendem a ser mais ágeis e mais baratos. 

Cenário das fintechs no venture capital

As fintechs foram criadas com o objetivo de tornar mais acessíveis os serviços financeiros, utilizando tecnologia para combinar agilidade e conformidade com a regulação.. 

Por conta dos impactos no setor financeiro e sua grande aceitação pelos clientes no Brasil, as fintechs são o tipo de startup que mais tem recebido investimentos no País. De acordo com o Distrito, essas empresas receberam mais de US$6 bilhões em venture capital de 2017 a 2021.

Entre as principais fintechs a receberem investimentos, destacam-se as rodadas recentes anunciadas por Nubank, Creditas, Ebanx e C6Bank.

Diferença entre fintech e startup

Toda fintech pode ser considerada uma startup, seja early stage, quando está nos seus estágios iniciais, seja após receber as primeiras rodadas de investimento que ajudam a expandir a operação. 

A startup é uma empresa de tecnologia que cria serviços nas mais variadas áreas para facilitar a vida das pessoas. Isso pode ser em educação, alimentação, atividade física, entretenimento, entre outros.  Já as fintechs são empresas inovadoras que atuam exclusivamente no setor financeiro.. 

Gostou do conteúdo e quer aprender ainda mais sobre startup, negócios e o mercado financeiro? Fique por dentro dos conteúdos gratuitos e cursos de venture capital da  Solum.ed

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.