Governança corporativa: porque é importante?

Empresas que estão em fase de crescimento, atraindo a atenção dos clientes e também de investidores que buscam por investimentos alternativos, precisam adotar boas práticas de governança corporativa. 

Mas você sabe o que é governança corporativa e qual a sua importância para as empresas e seus stakeholders? Trata-se de uma série de práticas e princípios adotados para garantir uma boa gestão da empresa, , passando por diversas esferas. 

Isso tudo tem o objetivo de melhorar a imagem da startup ou empresa consolidada e atrair mais investimentos, como venture capital, private equity e rodadas de investimento diversas. 

O que é governança corporativa

De acordo com o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, a governança corporativa é o sistema pelo qual as empresas e demais organizações são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os relacionamentos entre sócios, conselho de administração, diretoria, órgãos de fiscalização e controle e demais partes interessadas

Isso é importante porque melhora a relação com sócios, investidores, clientes e com o mercado em geral. Empresas que apresentam boas práticas de governança corporativa conquistam boa reputação no mercado e transmitem confiança para seus stakeholders. 

Essa confiança pode ser importante na hora de atrair novos investidores e, consequentemente, elevar o valuation da empresa, que se torna atrativa para investimentos de longo prazo

Como funciona a governança corporativa

A governança corporativa funciona por meio de regras, usadas para definir as diretrizes a serem seguidas pela empresa como um todo. Isso tem por objetivo minimizar comportamentos que fujam do esperado. 

Também são realizadas auditorias para identificar se as regras definidas estão sendo devidamente cumpridas ou se algum desvio está acontecendo. 

Por fim, de forma cuidadosa, as restrições de autonomia se tornam necessárias para garantir que ações feitas por seus administradores não fujam do escopo necessário. 

Os 4 pilares

A governança corporativa é regida por 4 pilares essenciais que definem as suas diretrizes. 

  • Transparência: disponibilizar de forma consistente e prática dados relevantes sobre a operação;
  • Equidade: todos na empresa, independente de cargo, devem ser tratadas de forma justa;
  • Prestação de contas: prestação de contas clara e periódica sobre a situação financeira da empresa;
  • Responsabilidade corporativa: zelo e cuidado com a área financeira, ambiental, forma de tratamento de colaboradores, entre outros. 

Esse tipo de cuidado permite que novas empresas se tornem uma startup unicórnio, transmitam confiança e sejam bem avaliadas pelo mercado, seus investidores e sócios. 
Gostou do conteúdo e quer aprender ainda mais sobre o mercado financeiro? Fique de olho em todos os conteúdos gratuitos e cursos oferecidos pela Solum.ed.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.