Healthtech: conheça os negócios que inovam na saúde

Healthtech o que são

Cada vez mais surgem novas startups com o objetivo de solucionar algum problema latente da sociedade. Um tipo inovador desse segmento é a healthtech, que tem criado soluções para facilitar o processo de prevenção e cuidados com a saúde. 

Mas o que é uma healthtech e por que ela tem esse nome? Como o próprio nome já diz, trata-se da junção de health (saúde, em inglês) e tech (abreviação de tecnologia, em inglês). 

Ou seja, é uma empresa que tem como foco a criação de soluções tecnológicas para facilitar os processos que fazem parte do mundo da medicina. 

É importante entender como esse tipo de startup funciona e conhecer sua importância, assim, fica mais fácil compreender o interesse de fundos de investimento nesse modelo de negócio. 

O que é uma healthtech

A healthtech é um tipo de startup dedicada a criar soluções por meio da tecnologia para melhorar os processos que fazem parte da medicina e da área da saúde em geral. O foco é melhorar a condição de trabalho dos profissionais da área e também facilitar a vida de quem busca por serviços médicos. 

Por ser uma startup, é preciso que a solução criada seja facilmente escalável, podendo ser replicada sem grandes dificuldades e apresente um diferencial que irá se destacar mesmo em cenários de incertezas. 

O foco da healthtech é ajudar no processo de modernização de clínicas e hospitais, tecnologias avançadas para exames e consultas, gestão de entidades públicas, criação de consultórios médicos inteligentes, entre outros. 

Tipos de produtos da healthtech

Pensando em formas de inovar a atividade médica e facilitar a vida de doutores e pacientes, a healthtech desenvolve produtos como vacinas, aparelhos para cirurgias virtuais ou robóticas, impressões de órgãos 3D, microcâmeras e uma série de outras opções. 

Essas inovações são criadas com o objetivo de criar mais agilidade e precisão durante os procedimentos, desde os mais complexos até os mais simples. 

A healthtech irá atuar nas mais diversas áreas: 

  • Medicina personalizada para tratamentos e otimização dos processos de gestão;
  • Medicina proativa, melhorando a relação médico-paciente;
  • Medicina preditiva, com o intuito de identificar a predisposição para determinadas doenças; 
  • Medicina preventiva, para prevenir ou minimizar os efeitos das doenças. 

Áreas de desenvolvimento da healthtech

As áreas possíveis para a atuação de uma healthtech são inúmeras, mas as principais e mais buscadas são as seguintes. 

Prevenção e diagnóstico

A atuação nessa área tem o objetivo de desenvolver exames precisos que sejam menos invasivos. Isso torna o processo para o paciente mais fácil e também agiliza a obtenção do resultado. 

Além disso, as startups da área da saúde usam de inteligência artificial e dados coletados para identificar a probabilidade de desenvolvimento de doenças graves. 

Gestão e eficiência

Nessa área de atuação, as healthtechs trabalham diretamente na gestão de planos de saúde, liberação de exames, consultas e tratamentos que podem levar um tempo para serem aprovadas. 

Agilizar esses processos pode ser fundamental para alguns clientes que precisam de celeridade para conseguir seus diagnósticos e tratamentos. 

O sistema de saúde também ganha com essa gestão eficiente, já que há a otimização de recursos dessa área. Sendo assim, o atendimento acaba sendo mais efetivo em locais que mais necessitam, já que não há uma uniformidade entre os diversos hospitais da rede pública. 

Tratamento

Essa área teve um ganho considerável com a chegada das startups e suas tecnologias inovadoras. A tecnologia de ponta usada para cirurgias remotas é um grande exemplo desse ganho de qualidade. 

As startups focam em desenvolver soluções usando inteligência artificial, nanotecnologia, robótica e outros. Todas elas estão à disposição dos médicos e profissionais da área para oferecer o melhor atendimento aos pacientes. 

O tratamento de saúde é algo que sempre acontecerá, portanto, o mercado de healthtech tem um forte potencial de crescimento. Por isso, cada vez mais irão surgir empresas nessa frente, atraindo novas rodadas de investimento para expandir suas operações. 

As startups fazem parte de um ecossistema digital que movimenta os investimentos alternativos. Isso faz com que novas empresas surjam e comecem a captar recursos para expandir suas operações. Conheça algumas dessas empresas e como funciona para investir nelas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.