Home broker: como utilizar para investir

Home broker

O investidor que decidiu entrar na renda variável e começar a investir em ativos como ações precisa conhecer o home broker e entender como essa ferramenta funciona. Ela foi criada para intermediar as operações entre investidores e a bolsa de valores brasileira, a B3. 

Com a chegada da internet e dos smartphones, ficou muito mais fácil investir na bolsa de valores, comprar e vender ações de forma ágil e prática, sem precisar da intermediação de um operador. 

Entender como o home broker funciona, conhecer as suas funcionalidades e saber realizar as operações por meio dele pode dar muita autonomia ao investidor e acelerar o seu processo de investimento. 

O que é o home broker?

O home broker é uma plataforma online criada para unir duas partes muito importantes no mundo dos investimentos em ações: pessoas interessadas em comprar ações e outros ativos e pessoas interessadas em vender ações e outros ativos, tudo isso dentro da bolsa de valores

O seu objetivo é intermediar as operações de compra e venda de ativos variados para que o processo para o investidor seja prático e rápido, sem a necessidade de intermediação de um operador. 

Tudo isso começou depois do surgimento da internet, que facilitou a vida de quem decide começar os investimentos na bolsa. Antes, era necessário entrar em contato com um operador, conseguir ser atendido e solicitar as operações desejadas. 

Como funciona o home broker? 

O home broker funciona de maneira relativamente simples e pode ser operado por investidores diretamente do computador, tablet e até mesmo celular. Isso permite que operações de compra e venda sejam feitas de qualquer lugar durante o período de funcionamento do pregão. 

O objetivo do home broker é intermediar operações de compra e venda. Para isso, o investidor precisa abrir conta em uma corretora ou banco de investimentos e instalar o home broker em seu dispositivo. Não é possível operar na bolsa de valores diretamente, sem o intermédio de uma corretora ou banco de investimentos. 

Depois de criar a sua conta e fazer uma análise das ações a serem escolhidas, seja por meio de análise técnica ou fundamentalista, é hora de efetuar a compra ou venda do ativo. Para isso, define-se um preço de venda ou compra e, quando for encontrado outro investidor interessado na operação, a compra ou venda é concluída. 

Como investir pelo home broker?

Para que o investimento possa ser feito pelo home broker, é preciso enviar dinheiro para a sua conta da corretora ou banco de investimento. Isso pode ser feito por meio de depósito ou TED, necessariamente de uma conta com a mesma titularidade de onde está o home broker. 

Após ter os recursos disponíveis na conta, é possível começar a operar e escolher quais ativos comprar ou vender. Assim como é importante saber fazer as análises das ações, é essencial que conheça o seu perfil de investidor para entender quais os tipos de operações gostaria de fazer. 

Para o perfil conservador, uma pequena parcela da carteira de investimentos deve ser composta por ações. Para o investidor moderado, essa distribuição já pode ser mais equilibrada. No caso do investidor arrojado ou agressivo, ações são parte considerável da carteira, já que a tolerância ao risco é maior. 

Qual a diferença entre home broker e mesa de operações?

Apesar de toda a autonomia e agilidade que o home broker oferece, existem investidores que preferem o atendimento personalizado feito pela mesa de operações. Em geral, instituições financeiras oferecem essa opção. 

Elas são normalmente usadas por investidores qualificados, que buscam serviços diferenciados, como avaliação de riscos dos ativos, a realização das operações de compra e venda de ativos e também acesso a produtos exclusivos que não estão disponíveis a todos os investidores. 

Ao contrário do home broker que apresenta taxas fixas pelas operações realizadas, quando a mesa de operações é usada, pode apresentar taxas de corretagem variadas. Na comparação, elas são mais altas, já que o serviço é diferenciado e personalizado. 

Vantagens do home broker

A principal vantagem oferecida pelo home broker é a autonomia oferecida para realizar as operações de compra e venda de ativos. Como é um serviço acessado por computador, tablet ou smartphone, pode ser feito de qualquer lugar. 

Nos dias de hoje, com agendas cada vez mais apertadas, poder fazer isso a qualquer momento do dia, enquanto o pregão está aberto, de qualquer lugar, facilita bastante. 

Além disso, os custos de operação por meio do home broker são menores do que as feitas pela mesa de operações. Como o processo é todo realizado pelo investidor, existe essa economia importante. 

Também é possível configurar operações como stop loss ou stop gain para automatizar operações e otimizar os possíveis lucros ou prejuízos com as operações de compra e venda. 

Para escolher o melhor home broker e começar a investir, é importante analisar pontos como a confiabilidade da corretora, os custos envolvidos, qual o apoio técnico disponível e ferramentas oferecidas. 

E existem oportunidades de investimento que não estão na bolsa. Para acessá-las, confira as oportunidades de investimento disponíveis na beegin. 

Como investir em startups

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.