Índices de liquidez: o que são e como calculá-los

Índices de liquidez
beegin -invista em startups

Para uma empresa, é importante saber qual a sua capacidade de transformar ativos em dinheiro, ou seja, qual a sua liquidez. Uma forma de entender isso é conhecer os índices de liquidez usados pelo mercado, como são calculados e em quais cenários são usados. 

O índice de liquidez é um cálculo bastante comum na contabilidade empresarial e indica o poder que a empresa tem de honrar suas dívidas imediatas, no curto prazo e também no longo prazo. 

Ter essa informação detalhada em mãos ajuda as empresas a pensar em investimentos para o longo prazo, expansão das operações e também entender se é o momento de pisar no freio e focar mais em vendas. 

Existem quatro principais índices de liquidez, que são os mais usuais no mercado: índice de liquidez corrente, índice de liquidez seca, índice de liquidez geral e índice de liquidez imediato. 

O que é índice de liquidez? 

No mundo dos investimentos, a liquidez indica o tempo que o investidor consegue reverter o seu ativo em dinheiro na conta. No mundo empresarial, o conceito é o mesmo e o índice de liquidez informa ao empreendedor qual seu poder de quitar as dívidas atuais e possíveis novas dívidas. 

Ou seja, são cálculos feitos para demonstrar contabilmente se a empresa tem saúde financeira para honrar suas dívidas e investimentos feitos ao longo do tempo, seja imediatamente, no curto prazo ou no longo prazo. 

De forma geral, se o índice de liquidez for maior que 1, a empresa tem certa folga para honrar seus pagamentos. Caso esse índice seja igual a 1, a empresa teria exatamente o valor necessário para pagar suas contas. Em caso de índice menor que 1, a empresa não conseguiria honrar suas dívidas no mercado. 

Tipos de índices de liquidez

Existem tipos diferentes de índices de liquidez e cada um tem uma forma específica de ser calculado. É importante entender cada um deles para identificar qual deve ser usado em cada situação. 

Índice de liquidez corrente

O índice de liquidez corrente é usado para indicar se a empresa tem capacidade de pagamento das suas dívidas no curto prazo. É um dos indicadores mais conhecidos e usados para fazer essa análise das empresas. 

Para calculá-lo, é preciso dividir o ativo circulante da empresa (dinheiro em caixa e estoque) pelo passivo circulante (empréstimos, impostos, fornecedores etc). 

Fórmula: liquidez corrente = ativo circulante / passivo circulante. 

Índice de liquidez seca

O índice de liquidez seca é parecido com o índice de liquidez corrente. A diferença é que ele não leva em consideração o estoque da empresa do ativo circulante na hora de fazer o cálculo. Isso porque trata-se de itens que podem não ser realizáveis no curto prazo. 

Ou seja, o cálculo serve para entender se a empresa consegue honrar seus pagamentos mesmo que não venda o seu estoque. 

Fórmula: liquidez seca = (ativo circulante – estoque) / passivo circulante. 

Índice de liquidez imediata

Como o próprio nome diz, o índice de liquidez imediata trata do valor patrimonial disponível para a empresa no momento. Ou seja, quanto ela tem de dinheiro em caixa, saldos bancários e aplicações financeiras de curto prazo. 

Não entram na conta os estoques e também valores a serem recebidos a partir de vendas a prazo. De todos, é o índice que apresenta a maior volatilidade

Fórmula: liquidez imediata = disponível / passivo circulante

Índice de liquidez geral

O índice de liquidez geral já apresenta um panorama da solvência da empresa no longo prazo. Por isso, o cálculo é um pouco mais completo. 

Além do que faz parte da liquidez corrente, é adicionado o realizável a longo prazo e seu exigível a longo prazo. De forma isolada, é o índice que apresenta a menor efetividade, já que pode ser impactado por financiamentos da empresa, quando não há a necessidade de pagamento no momento. 

Fórmula: liquidez geral = (ativo circulante + realizável a longo prazo) / (passivo circulante + passivo não circulante). 

Entender o cenário de ativos e passivos da empresa é essencial na hora de escolher onde investir. Conheça as melhores empresas para investir na beegin. Ela estão captando recursos para expandir suas operações, e para você são uma opção para diversificar seus investimentos. 

Como investir em startups

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.