Investimento imobiliário: conheça esse ativo alternativo

Investimento imobiliário
beegin -invista em startups

No Brasil, é muito popular o conceito de investir em imóveis para se viver de renda, ou seja, receber mensalmente um valor específico pela locação do espaço. Mas, você sabia que é possível fazer investimento imobiliário sem, necessariamente, comprar uma casa ou um apartamento? 

Atualmente, existem outras formas de entrar no mercado imobiliário como forma de investimento alternativo, podendo chegar a rentabilidades convidativas para o longo prazo e com baixa liquidez.

Neste artigo, vamos falar de alternativas além dos já populares Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs), e apresentar algumas opções menos conhecidas, como built to suit e retrofit de imóveis. 

O que é investimento imobiliário

O investimento imobiliário pode ser feito por meio da aquisição de um imóvel: casa, apartamento, galpão etc. Em seguida, esse ativo é posto para locação ou reformado e vendido com o objetivo de lucrar na operação. 

Existem ativos alternativos que permitem ao investidor entrar no mercado imobiliário sem que precise investir diretamente na compra de um imóvel. Isso pode ser feito por meio de fundos que investem nas mais variadas formas de ativos imobiliários. 

O objetivo desses fundos é oferecer ganho de capital aos seus investidores, que estão dispostos a entrar com recursos e alocá-los para o longo prazo, com baixa liquidez

Built to suit

Uma forma de investimento imobiliário é o built to suit ou construído para servir, que estabelece a construção ou reforma de imóveis já preparados para atender as necessidades do seu futuro locatário. 

São contratos de locação de longo prazo, geralmente entre 10 e 20 anos. Basicamente, o proprietário do imóvel assume a realização das obras e o locatário se compromete com o pagamento do aluguel mensal durante o prazo do contrato no valor suficiente para cobrir e remunerar o investimento feito pelo proprietário.

Retrofit de imóveis

O retrofit de imóveis é outra forma alternativa de investir em imóveis com o objetivo de obtenção de lucro e permanência por um prazo maior, com baixa liquidez. 

O objetivo do retrofit de imóveis é revitalizar construções que sofreram com o desgaste do tempo e precisam de ajustes. Para isso, é mantido o que há de bom nas construções e reformado o que estiver em más condições. 

Com isso, o imóvel é valorizado, fazendo com que o valor do aluguel se valorize e gere lucro aos investidores. Para investir em retrofit, é preciso escolher fundos que adotem a estratégia de renda, pois irão conseguir aluguéis maiores com a valorização do imóvel. 

Quer saber mais sobre o mundo dos investimentos alternativos? Conheça os cursos oferecidos pela Solum.ed e comece a investir melhor.  

Como investir em startups

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.