Portal Beegin Portal Beegin

Humberto Matsuda caracteriza um empreendedor de sucesso

abr 20, 2022
Humberto Matsuda

O podcast além da bolsa recebeu nesta quinta-feira Humberto Matsuda. Um especialista em venture capital, business developer e investidor prolífico em startups, Matsuda tem um histórico longo de empreendedorismo com foco em venture capital. Em sua participação no programa, o investidor discorreu sobre as características de um empreendedor de sucesso, além de comentar sobre o cenário atual do Brasil de Venture Capital.

Uma característica marcante de Matsuda é o seu apreço pelo empreendedorismo. Ligado a empreendimentos dos mais diversos segmentos, Matsuda caracteriza o ato de empreender como “solitário”, definido pelas decisões difíceis que precisam ser tomadas com frequência.

Para o executivo, o perfil de empreendedores de impacto é pautado por um “Drive”, uma crença no sucesso e no trabalho. “Aquela certeza de que dá para atravessar o deserto com um galão de água.” Define Matsuda: “É uma fé cega, uma capacidade de agir, de se automotivar.” 

Venture Capital

Também conhecido como capital de risco, o Venture Capital é uma modalidade de investimento ligada a empreendimentos de pequeno e médio porte que possuem alto potencial de crescimento, mas poucos recursos para crescer. Essa forma de investimento é focada não apenas na injeção de capital em um empreendimento, mas no aprimoramento da gestão do negócio.

Atualmente esse modelo de investimento é majoritariamente associado a empresas com modelos de negócio escaláveis e startups. A captação ocorre por meio de rodadas de investimentos, onde o empreendimento levanta o capital necessário para o seu crescimento. 

No Brasil, o mercado ainda está em fase de desenvolvimento, contudo, já cresce a passos largos. O meio já iniciou uma fase de maturação, o volume está aumentando, e o número de rodadas de investimento, diminuindo, cada rodada comandando cada vez mais capital.

De acordo com Matsuda, algo que pode ser visto no mercado no momento atual é uma sensação de “FOMO”, fear of missing out, ou medo de ficar de fora. O mercado cresce e cada vez mais atrai investidores interessados.

De acordo com um levantamento realizado pela Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital (ABVCAP), o mercado cresce em média 28% ao ano. Já são R$ 153,2 bilhões em capital comprometido com fundos de venture capital e private equity. Mesmo com a crise econômica que atinge o Brasil, o mercado não deixa de crescer.

Seja sócio das empresas do futuro com a beegin.