Portal Beegin Portal Beegin

Juliana Noronha a entrada de mulheres no investimento

mar 23, 2022
Juliana Noronha

O podcast Além da bolsa, recebeu nesta quinta-feira a empreendedora Juliana Noronha. Uma investidora de longa data em startups, Noronha tem um histórico como executiva na área de tecnologia e como investidora Anjo. Em sua participação no episódio, a investidora discute o papel da mulher no mercado de tecnologias e inovação, além de sua própria trajetória como investidora.

Formada em Estratégia e Inovação pelo MIT Sloan Executive Education, Noronha se tornou uma Empreendedora. Trabalhou como executiva de Empresas no ramo da Tecnologia, Marketing e Merchandise, e Educação. Atualmente, a investidora atua como Conselheira e Investidora Anjo em Startups.

Em sua carreira, Juliana transitou por ambientes majoritariamente masculinos, lidando com setores do mundo financeiro, mecânico e tecnológico. Durante a sua trajetória nada convencional,  a investidora nunca deixou de crescer e se adaptar.

“A vida me levou para esse caminho, e a experiência que eu ganhei nunca foi tão valorizada quanto hoje, o fato de eu conhecer mais de vários mundos faz com que eu tenha um approach diferente nos investimentos que eu faço.” Comenta a investidora.

Através de cursos diversos, Noronha adquiriu interesse por startups e por investimento anjo. Aos poucos a investidora foi criando conexões dentro do ecossistema de startups, participando do processo de curadoria de startups e atuando como investidor anjo. 

“O fato de não haver recursos nesse mundo faz com que esse seja um mundo muito criativo e que as soluções de inovação surjam dele.” Fala Juliana sobre o seu fascínio com o ecossistema de startups.

Por ter começado a empreender no universo de startups em uma idade mais avançada do que o padrão, Noronha brinca que passou por um processo de: “Speed learning”. Teve de correr atrás e se informar para se manter atualizada dentro do mercado. “É imprescindível para que a gente faça um bom investimento e que escolha bem as startups é entender bem o mercado”, explica.

Seja sócio das empresas do futuro com a beegin.