Simpar adquire 100% da Autostar por R$ 364,1 milhões

Simpar adquire Autostar
beegin -invista em startups

A Simpar informou que sua controlada Original Holding celebrou contratos para aquisição de 100% da Autostar Comercial e Importadora Ltda, avaliada em R$ 364,1 milhões.

“A aquisição da Autostar fortalece o posicionamento da Original Holding no segmento de veículos e motocicletas de alto luxo, por meio do aumento no mix de marcas, produtos e serviços oferecidos aos clientes, além de registrar a entrada da empresa no segmento de blindagem de veículos, com a SBR”, destaca a empresa em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Passam a fazer parte do portfólio da Original Holding as marcas BMW (3 lojas), Volvo (2 lojas), Harley Davidson (2 lojas), assim como Jaguar/Land Rover, Mini, Chrysler/Jeep/Dodge/Ram, Triumph e KTM, com uma unidade de cada marca, todas localizadas em bairros nobres da cidade de São Paulo, o maior mercado de automóveis de luxo do Brasil.

Segundo a empresa, a operação irá adicionar R$ 893,5 milhões ao faturamento da Original Holding, resultando em uma Receita Bruta Combinada de R$ 4,2 bilhões com base no ano de 2021, considerando as aquisições da Sagamar e UAB Motors.

Somadas as aquisições anunciadas ao negócio já existente da Original Holding, a companhia combinada teria comercializado um volume de 27.528 veículos, em 2021, com um tíquete médio de R$ 156 mil para veículos novos e R$ 75 mil para veículos seminovos.

A empresa combinada teria com base em 2021 R$ 4,0 bilhões de Receita Líquida, R$ 300 milhões de Ebitda e R$ 166 milhões de lucro líquido ajustado. Os dados consideram números não auditados.

Pagamento pela Autostar será 50% em ações

Os vendedores são a American Star Comércio de Veículos, Bikestar Comércio de Motocicletas, British Star Comércio de Motocicletas, Moto Star Comércio de Motocicletas, e da SBR Comércio e Serviços de Blindagens.

O pagamento das quotas será realizado 50% em dinheiro e 50% em ações da Original Holding, resultando em uma participação conjunta dos vendedores da Autostar equivalente a 15,4% da Original Holding.

Maurício Portella, acionista, executivo e fundador da empresa continuará liderando a Autostar e contribuirá para o desenvolvimento da Original Holding com sua expertise, construída nos últimos 30 anos, no mercado e com as montadoras.

A Original Holding manterá a independência das suas empresas adquiridas, com a estrutura de gestão, operação e vendas executada por cada uma das suas marcas.

O fechamento da operação está condicionado ao cumprimento de obrigações e condições precedentes usuais a esse tipo de operação, incluindo a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e a anuência das montadoras.

A companhia esclarece ainda que, por ter sido realizada por meio da Original Holding, a Transação não depende da deliberação da assembleia geral, e tampouco ensejará direito de recesso para seus acionistas.

A XP Investimentos foi o assessor financeiro exclusivo dos vendedores na operação.

Fundada em 1992, a Autostar iniciou as suas atividades como uma concessionária BMW e construiu uma das principais redes de concessionárias de veículos de luxo do Brasil. Atualmente a Autostar representa 12 marcas internacionais no Brasil por meio de 13 concessionárias de automóveis localizadas em bairros nobres da cidade de São Paulo. Além da comercialização, a empresa oferece uma gama de serviços complementares como manutenção, reparo, blindagem e venda de souvenires (roupas Harley Davidson).

Em 2021, a Autostar registrou R$ 863 milhões de Receita Líquida, R$ 80 milhões de Ebitda, lucro líquido de R$ 38 milhões, dívida líquida de R$ 43 milhões e 3.110 veículos comercializados, com tíquete médio de R$ 235 mil para veículos novos e R$ 154 mil para seminovos.

Confira as melhores empresas para investir na beegin

Como investir em startups

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.