Venture builder: uma opção de investimento em startups

Venture Builder

Muito além de uma boa ideia, as startups precisam de estrutura e investimento para estabelecer seu produto no mercado e ganhar escala. Por isso, o venture capital é uma opção tão popular. Mas você já ouviu falar em venture builder? 

A venture builder é uma organização que utiliza recursos próprios, de investidores ou de empresas para desenvolver startups a partir de dores de mercado já identificadas. 

Mas, de que maneira esse desenvolvimento das startups e do ecossistema de inovação é feito? É sobre isso que iremos falar neste artigo. Siga a leitura! 

O que é venture builder

A venture builder é uma organização que está no mercado para desenvolver novas empresas, em geral startups, sob demanda. Diferentemente de uma startup tradicional, as que nascem neste formato já têm o seu product market fit validado, uma vez que os projetos de negócios nascem a partir da identificação de dores de mercado concretas.

Para isso, elas podem usar capital próprio, de investidores ou de empresas (por meio de projetos de Corporate Venture Capital). A partir de oportunidades identificadas por elas próprias ou por parceiros, as venture builders atuam ativamente para impulsionar o desenvolvimento e sucesso da startup. Por isso, também são conhecidas como fábricas de startups ou estúdio de startups. 

Por este formato sob medida, a venture builder costuma atuar em programas de open innovation, ou inovação aberta. Nestes casos, elas identificam com as corporações quais são os seus desafios ou dores a serem resolvidas, e desenvolvem startups cuja proposta de valor é resolvê-los.

Como funciona uma venture builder

A venture builder funciona de maneira prática e hands on, ou seja, participam ativamente para garantir o sucesso da operação. 

Entre as principais ações realizadas por uma venture builder, estão: 

  • Identificar novas ideias com potencial no mercado;
  • Auxiliar na construção de times;
  • Levantar capital próprio para investir na startup;
  • Gerenciar os potenciais riscos da operação;
  • Compartilhar a mão de obra e também o networking. 

A identificação de ideias de negócios pode ser a partir de um produto que já deu certo no exterior ou até mesmo uma ideia inovadora por aqui mesmo. A venture builder investe no MVP para auxiliar na escala desse produto. 

Também participam de forma ativa na hora de construir os times e buscar o capital que será usado na operação. Para isso, contam com o smart money

Por fim, auxiliam no gerenciamento de riscos com ações básicas de governança corporativa e compartilham recursos, como área jurídica, contabilidade, marketing, entre outros. 

Diferença entre venture builder e outros programas de startups

A principal diferença entre uma venture builder e outras opções, como aceleradoras de startups, incubadoras ou fundos de venture capital é que a venture builder estrutura ela própria uma nova empresa, ao invés de apoiar o desenvolvimento de negócios já existentes. 

As aceleradoras e incubadoras trabalham no desenvolvimento de startups que nascem a partir de iniciativas de empreendedores. Neste esforço, elas oferecem mentorias e compartilham alguns serviços. As incubadas ou aceleradas podem receber investimentos de capital semente e há um tempo limite para participar do programa. 

Já os fundos de venture capital aportam recursos financeiros na operação e acompanham se o investimento está sendo feito de maneira apropriada. Sua ingerência na operação se dá dentro de um padrão de governança corporativa. 

Gostou do conteúdo e quer encontrar oportunidades de investir em empresas de alto crescimento? Conheça as melhores empresas para investir na beegin.

Perguntas Frequentes

O que é uma venture builder?

A venture builder é uma organização que está no mercado para desenvolver novas empresas, em geral startups, sob demanda. Diferentemente de uma startup tradicional, as que nascem neste formato já têm o seu product market fit validado, uma vez que os projetos de negócios nascem a partir da identificação de dores de mercado concretas.

Como funciona uma venture builder?

A venture builder funciona de maneira prática e hands on, ou seja, participam ativamente para garantir o sucesso da operação. Entre as atividades realizadas por uma venture builder, elas identificam necessidades de mercado, formam times empreendedores com perfis complementares e levantam capital para financiar os projetos.

Como investir em startups

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.